homuconsumus homusintempus

Posted on janeiro 25, 2008. Filed under: Uncategorized |

Homoconsumus- Homosintempus

Há quem tenha ficado debaixo dos escombros do muro que separava as Alemanhas.

Mãos esbranquiçadas de cimento surgem de dentro dos destroços, mas já não podem ser salvas, pois quem as salvaria se não o “ideal comunista”? Este, porém, cometera o suicídio antes ainda da tragédia.

Corpos foram retirados debaixo dos entulhos e postos em museus, mumificados. Ainda hoje é possível vê-los, mas estão trancados em vidros e na parede destes, a frase: “É proibido tocar”.

É proibido tocar nos heróis da revolução.

É proibido tocar na prática da revolução.

É proibido tocar na Utopia.

Minha geração chora, não ter vivido os últimos dias da Utopia.

Misturados à dor que sua morte nos causou, viramos então caóticos “homoconsumus”, “homosintempus”, marchando intrépidos de casa para o trabalho, do trabalho para a escola, da escola para casa…

Mas a sorte, a improbabilidade, nunca anda longe, por muito tempo. A Esperança venera a morte de sua irmã Utopia e se apresenta tímida, vestida de negro com fulgência nos lábios, nos olhos e na voz.

Eis o enigma que ela traz:

“Enterrai-vos, amados, enterrai-vos, debaixo das ruínas encontrareis a terra e dentro dela vosso retorno”.

Uma música suave toca ao longe. Coribantes, anunciam ao som de suas flautas as ações que andam perpetrando. Começaram por profanar templos insidiosos, deturpar imagens santas necróticas, desenharam traços amórficos nas páginas dos livros de história. A gramática não tem suportado os constantes ataques aos quais vem sendo submetida, estão a separando de sua amante – a lógica – por isso anda esquizofrênica. E parece que de um tempo para cá, há alquimistas usando seus poderes para multiplicar os indivíduos.

Há um boato por aí: A utopia se mexeu, piscou os olhos e até sorriu, parece que está esperando a distração dos guardas do museu para quebrar o vidro na qual está trancada e se juntar aos dançarinos. Dizem que trocou de cara e usa pseudônimo.

Quem tem ouvidos para ouvir, ouça!

Make a Comment

Deixe uma resposta

Faça o login usando um destes métodos para comentar:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

Liked it here?
Why not try sites on the blogroll...

%d blogueiros gostam disto: