jogo cinza

Posted on janeiro 25, 2008. Filed under: Uncategorized |

Jogo pela primeira vez

Sempre pela primeira vez

E o jogo é sempre o mesmo

O sucesso que nunca chega

O esperado descanso na areia branca da praia deserta

Vi filmes de mais

Li livros demais

Me resta a impossibilidade de apreensão.

Coleciono histórias como o carteiro do sacrifício de Tarkovsky

Voyerizo as vidas de papel e me torno parede.

DEZENHEM EM MIM! Eu grito ao mundo pela janela do meu kitnet

Em resposta , fortes batidas do outro lado da gaiola

um vizinho truculento que não compreende minha incapacidade de fazer qualquer outra coisa.

Lembranças cômicas assaltam minha mente e me debulho em lágrimas,

Tenho vontade de coleciona-las também, são tão grossas!

Lembro que existe música, me atiro ao som em busca de algo que cante alegria, para eu dançar.

Mas o cigarro invejoso me toma toda

Mão, boca, pulmão

Cedo à sua nefasta intransigência e me sinto mais perto de Azevedo.

Romântico azedo!

(2001)

Make a Comment

Deixe uma resposta

Faça o login usando um destes métodos para comentar:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

Liked it here?
Why not try sites on the blogroll...

%d blogueiros gostam disto: